Buscar
  • José Roberto Napolitano

Cortar ou racionalizar custos?



Cortar custos sempre foi e sempre será um tema recorrente, tanto no meio empresarial, como também, no cotidiano dos seres humanos.

Sem críticas ao corte de custos, pois creio que deva ser uma constante em qualquer tipo de atividade, desde que feitas com uma justificativa razoável. Fazer mais com menos.

Não significa que é necessário gastar muito, para manter um padrão de qualidade superior, a agilidade para que bens e serviços cheguem ao mercado, e níveis de serviços adequados para atender a todas as necessidades.


Quando surge uma crise ou qualquer outra necessidade, percebemos que a primeira abordagem amplamente adotada recai, principalmente, na redução da mão de obra. Parece que estamos diante de um signo sinal. Precisamos reduzir os custos? Então... vamos enxugar a estrutura!


Deste modo, as demissões tornam-se um meio fácil e rápido de cortar custos. E, atualmente, cortar benefícios concedidos anteriormente para compor a remuneração dos colaboradores.


A demissão de funcionários pode custar muito caro para uma empresa, considerando não somente as custas rescisórias, mas também o quanto foi dispendido desde o processo de contratação, passando por treinamentos, adaptações, formação de equipes, integração em processos operacionais etc.


É preciso ter em mente também, que ao demitir, ocorrerão outras situações; consumidores a menos no mercado, menor arrecadação de impostos para suportar os serviços públicos, e mais importante do que isso tudo, o impacto emocional e social causado por esta situação, tanto no colaborador quanto na sua família.


Sem generalizar, mas afirmando, que em muitos casos os custos não são reduzidos racionalmente. Basta verificar se a redução destes custos gerou uma mudança permanente. Ou seja, quando passar a crise e a demanda do mercado crescer novamente, o que haverá de ser feito? Contratar novos colaboradores!


Bem, estamos em uma crise! O que fazer? Cortar ou racionalizar os custos?


A racionalização exige a aplicação de conhecimento e sabedoria! Precisa have uma justificativa razoável, seja no parque industrial, áreas administrativas, comerciais ou de logística.


A revisão dos processos operacionais pode gerar resultados surpreendentes e permanentes. Buscar alternativas de negociação com clientes e fornecedores podem contribuir para um caixa mais saudável.


Um sistema de informações gerenciais pode produzir novas visões e criar novos cenários corporativos, permitindo passar pela crise através de uma melhor gestão dos recursos. Aqui eu me refiro ao fluxo de informação, controle e indicadores gerenciais.


Pensem nisso!

Grato!

0 visualização

Muster Consultoria

©2019 Muster Consultoria by Ateliê Danjô